4 dicas essenciais de como calcular km rodado

4 dicas essenciais de como calcular km rodado

Há sempre muita dificuldade nas empresas em saber qual o cálculo de km rodado correto. Como em todo reembolso de despesas, é preciso que se tenha processos e cálculos claros, para que não aconteça nenhum mal entendido. Então, tenha tudo muito bem definido. Mas a principal questão é: como calcular km rodado?

Recentemente, falamos aqui no blog sobre como fazer reembolso de despesas de trabalho e até citamos que o quilômetros rodados para deslocamento de alguma visita, reunião ou viagem deveriam constar no processo de reembolso.

Agora neste texto, voltamos a tocar no assunto, mas trazendo dicas e informações de como calcular km rodado quando seu colaborador precisa utilizar o próprio carro ou moto.

E até mesmo você, como gestor, pode utilizar quando precisar prestar contas para a contabilidade. Afinal, o fluxo de caixa precisa estar em dia e funcionando plenamente.

 

A importância do cálculo correto e preciso

Assim como qualquer outro setor ou ponto da empresa, o cálculo de km rodado deve ser levado com seriedade, sendo muito importante a precisão da conta e dos processos, para que não aconteçam erros que resultem em desperdícios financeiros.

Por isso, é fundamental que se faça o cálculo preciso do km rodado, pensando também na melhor gestão dos reembolsos.

Outro ponto importante é definir quais serão os itens que estarão no cálculo de km rodado. Normalmente, os itens que compõe a conta são: combustível, limpeza, seguro e IPVA + licenciamento.

Como as pessoas possuem carros de marcas e modelos diferentes, a empresa pode adotar um modelo padrão intermediário de veículo – o que implica em ter um consumo médio – , assim como um valor médio do combustível.

 

Vamos para o cálculo de km rodado

1.Combustível

Vamos começar pelo combustível. É preciso que se tenha definido o consumo médio, na gasolina, de um carro 1.4, por exemplo. Depois, o valor médio do preço da gasolina na cidade onde será feito o reembolso. Isso feito, basta dividir o preço da gasolina pelo consumo médio.

Você saber mais sobre esse tópico no link: Dicas para economizar combustível da sua equipe.

 

2.Seguro

Assim como todos os outros itens é preciso ter um valor médio do preço de um seguro, e ter uma ideia média dos kms mensais rodados pelo colaborador. E a conta também é simples: dividir o valor médio do seguro pela quantidade anual de quilômetro rodado (multiplicar por 12 o km mensal).

Pesquisa uma corretora que possa te orientar qual o melhor custo benefício. Caso tenha uma frota, o desconto pode até rolar.

Avalie cada cláusula do contrato. Não esqueça de checar quais coberturas estão disponíveis. E como proceder de forma fácil na troca de motoristas. Um carro pode ser pilotado por mais de um técnico. Ainda mais em prestadoras que atuam em esquema de plantão.

 

3.IPVA e Licenciamento

É hora de definir preços médios de IPVA e Licenciamento (algumas empresas pagam o valor integral dos impostos). Aqui, também teremos os kms mensais rodados e os anuais (multiplicando o mensal por 12). A conta: Valor do IPVA + Licenciamento dividido pela quilometragem anual.

No momento de escolher a sua frota, analise quais são os carros mais econômicos nesse sentido.

A linha de entrada geralmente é a opção mais aderida para empresas. A manutenção não é cara. A facilidade de troca de peças é maior. E a economia de combustível é maior.

 

4.Limpeza

Agora, mais uma vez, precisamos de valores médios de limpeza e a quantidade feita. Se seu colaborador visita clientes é sempre bom que esteja com o carro impecável. Neste caso, o custo é mensal e deve se dividir o valor gasto por mês com limpeza pela quantidade de km rodado.

É possível fazer parcerias com lava-rápidos. Fazer uma lavagem interna e externa a cada 15 dias é bem viável. Por mais que o interior esteja limpo, em cidades com alto índice de poluição, a lataria fica com bastante poeira.

Além de sujar o uniforme dos técnicos, chegar com o carro sujo nos locais de manutenção não é legal.

 

Cálculo final de km rodado

Após ter todos esses valores levantados, deve-se somá-los. O resultado, em reais (R$), deve ser multiplicado pelo quantidade mensal de km rodado. O resultado será o valor que deve ser reembolsado ao colaborador.

*Bônus – Equipes externas

No caso de equipes externas, como calcular km rodado é mais uma questão importante para a empresa. E é onde o monitoramento das equipes se torna muito importante – inclusive, já falamos do assunto aqui no blog.

Ferramentas de gestão podem ajudar e muito em questões de reembolsos e cálculo de km rodado. Com a solução da Field Control, por exemplo, é possível ter o controle e monitoramento das equipes externas. Com isso, tem acesso rápido e fácil à ordem de serviços, linha do tempo dos trabalhos e uma série de outras informações gerenciais.

E quando citamos ordem de serviço, como está a sua? Confira um modelo ideal para prestação de serviços: baixar modelo de ordem de serviço.

Há, também, uma ferramenta que chamada “mapa”. Na tela do computador, o gestor consegue ver em tempo real a localização do técnico.

E saber a localização dos técnicos tem muito mais benefícios do que você pensa. Tanto que vamos provar aqui: Benefícios da localização em tempo real para sua equipe externa

 

Vamos partir para outro momento da sua produtividade?

Como sempre falamos por aqui, tenha em mente que a tecnologia pode ser um grande diferencial competitivo para a sua empresa.

Com toda essa tecnologia e controle, fica mais simples e fácil trabalhar em cima de questões de reembolso. E, principalmente, em como será pago o cálculo de km rodado.

Visitando nosso site, você terá acesso a cada ferramenta e como uma delas pode melhorar a sua gestão. É só clicar: www.fieldcontrol.com.br 

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a utilizar esse site, entenderemos que você concorda com isso. Visite nossas Política de Privacidade