Modelo de O.S.

BAIXAR

Como medir a produtividade da equipe externa?

Como medir a produtividade da equipe externa?

A produtividade da equipe externa depende de vários fatores que a influenciam. O gestor que está a frente da administração de todos os processos, tem entre as tarefas, medir essa produtividade para avaliar o desempenho da equipe. E dali corrigir erros e acertos desde a abertura da ordem de serviço até a despedida do técnico. Essas métricas podem salvar contratos ao evitar grandes problemas que possam atingir diretamente os clientes. E também fazer com que pontos fortes, aqueles que são o ponto-chave da sua prestação, auxiliem a superar a expectativa que o cliente tem do seu atendimento.

Sabemos que medir a produtividade de uma equipe externa é algo não muito fácil. É preciso prestar atenção aos detalhes de cada processo e ajustá-lo de acordo com feedback dos técnicos, mas também dos clientes. Sim, ouvir os clientes é uma importante métrica para avaliar o seu índice de produtividade, além da qualidade de atendimento. Reservar duas horas por semana para avaliar como está sua produtividade não será perda de tempo. Mas ganho de qualidade e, consequentemente, mais agilidade nas visitas no dia a dia.

Como medir a produtividade da equipe externa?

Existem vários métodos para medir a produtividade da equipe externa. Desde os mais antigos até os novos, todos garantem segurança nos dados e mais agilidade. Afinal, tempo é dinheiro. E quando menos você dispensá-lo e ter números reais de toda a sua operação, irá fazer uma melhor análise com objetivo certeiro. Já que as equipes são formadas por um conjunto de pessoas focadas em um objetivo, é preciso sempre estudar se todos estão engajados na mesma causa.

Para medir a produtividade, você pode utilizar as seguintes:

KPIs direcionado para prestadoras de serviços

Para promover uma satisfação e fidelidade do seu cliente, é preciso gerar um KPI que tenha significado para ele.

Outra dica é mensurar o que os clientes querem e desejam. Parece besteira e perda de tempo, mas não é! Essas informações preciosas determinam o que há de mais importante no negócio. Para saber mais como aplicá-lo, acesse o texto focado no assunto: KPIs das empresas prestadoras de serviços.

Relatório de desempenho

Com esse tipo de relatório, o gestor tem uma visão global de todas as atividades da equipe, mas também individualmente por técnico. Um profissional de campo não está preenchendo o check-list como deveria? Ou uma a avaliação de determinado técnico está abaixo das demais? Com todas essas informações em mãos, é possível manter um padrão de qualidade de atendimento no mesmo nível. Não esqueça que os detalhes do atendimento fortalecem o vínculo entre o cliente e a prestadora.

Uma das formas mais práticas de se obter esses dados é um relatório atualizado, de acordo com a abertura de novas ordens de serviço e o preenchimento de check-list. Nada daquelas planilhas de excel que você precisa ficar preenchendo e somando com as fórmulas que mais atrapalham do que organizam os números que a gestão mais necessita. Essas funções são executadas por um sistema de gestão de equipes externas.

O melhor de tudo é que com a tecnologia, esse relatório pode ser atualizado em tempo real. E caso algum problema esteja acontecendo naquele momento, é possível solucioná-lo, antes que se torne algo irreversível.

A imagem é um exemplo de como o relatório, que é uma ferramenta de um sistema de gestão de equipes externas, aparece na tela do gestor. Simples, claro e objetivo, esse quadro apresenta dados integrados com outras ferramentas, conforme já falamos acima.

 

 

Avaliação de clientes na visita

A avaliação é outra maneira eficaz de se ter um retorno preciso sobre como está a produtividade da sua equipe. Ali, ainda no local da visita, antes do encerramento do reparo/instalação, que é feito integrado ao aplicativo do sistema citado acima, o técnico oferece ao cliente uma avaliação que será feita no próprio celular dele. Em menos de dois minutos, o cliente dá a opinião dele sobre a qualidade do serviço oferecido. Todos esses dados são automaticamente direcionados ao sistema. Com todas as informações reunidas, é possível avaliar o desempenho do técnico ou de toda equipe. O período de avaliação é escolhido pelo gestor. Ou seja, pode ser a cada semana, quinzena, mês ou conforme ele desejar.

Se você precisa de um auxílio sobre como montar sua própria avaliação, a gente te ajuda em um texto só sobre o tema: Modelos de avaliação de clientes de prestadoras de serviço.

Tecnologia existe e deve ser usada na prestação de serviço

As sugestões para medir a produtividade da equipe externa feitas aqui são possíveis com uma única solução: o Field Control. Esse é o nome do sistema de gestão de equipes externas. Mais que medir a produtividade, com o uso, é possível aumentá-la em até 40%. Isso não é fake news. Hoje, mais de mil prestadoras de serviços do Brasil utilizam o Field Control e comprovaram que tiveram esse aumento considerável. E o resultado não poderia ser diferente, já que o sistema foi desenvolvido para melhorar a prestação de serviços no país, pensando em todos os envolvidos no processo: o gestor, técnico e cliente. Todos são beneficiados de forma direta.

Para saber mais, acesse o site: www.fieldcontrol.com.br. Te convidamos a nos conhecer e mais que medir a produtividade da equipe externa, gerar uma alta retenção de clientes e se tornar referência no seu segmento de atuação.

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Modelo de Ordem de Serviço