5 dicas de inteligência financeira para seu negócio

5 dicas de inteligência financeira para seu negócio

Ter controle das finanças é realmente libertador e traz uma boa segurança. Com a instabilidade da economia não só no Brasil, mas no mundo, ter controle e saber o que é risco e o que é oportunidade envolve diversos aspectos da inteligência financeira.

Quando se trata de empresas, o gestor, CEO, fundador, ou qualquer pessoa responsável pelo negócio tem que estar ligado diretamente às finanças.

E mais que estar frequentemente de olho no fluxo de caixa para checar a receita e despesa, é preciso ir além.

Para melhorar o potencial da sua empresa como um todo, implementando ações fáceis que podem ser aderidas após a leitura desse conteúdo, a Field te oferece nas linhas abaixo cinco dicas sobre inteligência financeira.

Não são atividades em vão. A gente sabe muito bem que administrar um negócio não é tarefa fácil.

Afinal, percorremos um bom caminho até aqui e ainda estamos conquistando nosso espaço nesse mundão.

Como já dissemos, a implementação não vai levar tempo e os resultados podem te salvar em diversos momentos.

Podemos até pontuar alguns bons motivos:

  • melhor análise de erros e acertos relacionados a diversas áreas como vendas e novos negócios;
  • conseguir uma boa noite de sono, mesmo sabendo que uma pandemia pode fechar suas portas de um dia para o outro;
  • melhor tomada de decisão, a partir de uma visão global dos custos mensais e o que pode ser investimento para potencializar o negócio;

5 dicas de inteligência financeira

O nosso foco aqui é sua empresa.

Isso não quer dizer que na sua vida pessoal, suas finanças podem ser aquela bagunça.

Ser equilibrado em todos os sentidos, sabemos que não dá, mas quando se trata de grana, aí sim está algo que precisa ser bem organizado.

Quando se fala em dinheiro, é importante estarmos sempre em alerta porque muitos fatores podem nos pegar de surpresa. E infelizmente, as causas podem ser externas e com proporções gigantescas.

Temos alguns exemplos históricos, como a crise de 29, a crise imobiliária americana em 2008 e mais recentemente a da pandemia do coronavírus.

E tudo isso, respinga nas nossas vidas profissionais e também nas pessoas à nossa volta.

O resultado pode ser bem devastador para empresas que podem fechar as portas com dívidas infinitas e famílias passarem dificuldade.

É, é um assunto bem bad vibes, mesmo. Mas não desista desse texto, hein. Ele é muito importante para você.

Logo a gente levanta o astral com as super dicas abaixo. E mais que isso, a Field quer ser um motivador para que você cresça cada vez mais.

Antes, por que não pegar aquele cafezinho, chá ou bebida que te proporciona bem-estar e aconchego? E não esqueça da água.

Não é a saúde financeira que deve estar em dia, a do seu corpo também.

Quem é o responsável pela inteligência financeira

Não importa o tamanho do negócio. Alguém tem que ser responsável pela administração das finanças.

Em empresas mais pequenas, pode ser o dono ou a pessoa que assume o cargo de administração.

O mais importante é que seja um profissional de confiança e que tenha mais que responsabilidade, mas também consciência sobre reduzir custos e otimizar os investimentos.

Pense que esse colaborador ou colaboradora terá acesso a valores e a informações estratégicas para o negócio. E sair divulgando por aí não é uma boa.

E mais que isso, todas as atividades estipuladas devem ser cumpridas à risca, conforme vamos entender mais abaixo.

Agora, foco nas dicas.

#1 Mantenha os números atualizados

Tudo o que sai e tudo o que entra deve ser atualizado na hora.

Aquela história de deixar para o fim do dia ou depois pode acabar não acontecendo.

Notas podem ser perdidas e números esquecidos.

Muitos empreendedores focam tanto no negócio, com objetivo de gerar tração e obter novos clientes, que esquecem do básico.

Só com esse controle que você vai saber se está indo na direção certa ou se precisa reprogramar a rota (e olha que isso por acontecer e tudo bem!).

Apenas mire a direção mais assertiva.

Ter todo o controle do caixa bem estruturado vai te ajudar bastante na segurança dos passos que podem ser tomados.

Na análise feita ao fim do dia/semana/mês, você pode checar o que é prioridade para se investir naquele momento e o que pode ficar para depois, de acordo com o atual faturamento.

E isso pode até proporcionar uma boa redução de custo: 5 dicas para redução de custos nas empresas.

Se você não faz ideia por onde começar, não vamos te deixar na mão por aqui: Controle de caixa nas empresas: por que fazer?

#2 Você pode ter um bom contador, mas não deixe de estudar finanças

Por mais que a sua contabilidade seja super parceria, estude!

Graças a tecnologia não temos mais desculpas sobre falta de tempo e até de acesso!

Tem muito conteúdo gratuito por aí.

Por isso, estude os impostos que você paga e porque eles precisam ser pagos e mais ainda, para onde vai esse seu rico dinheirinho tão suado. Você sabe?

Uma outra sugestão também é estudar os direitos trabalhistas.

A contratação de funcionários tem um bom peso nas finanças. E mais que entender cada item pago e descontado, você também pode tirar alguma possível dúvida daquela pessoa que veste a camisa da empresa com todo amor.

Existem vídeos no YouTube, sim e vários livros focados em inteligência financeira.

Ah, por falar em YouTube, quando der uma chegadinha por lá, não deixa de seguir o canal da Field Control, combinado?

Para saber tudo isso, você não precisa ficar parado na frente de uma tela com lápis e papel na mão.

Se sua vida é corrida, existem opções de podcasts e até áudiobooks que podem ser ouvidos no trajeto entre casa e trabalho, no momento do esporte, enquanto você almoça…

Ou seja, não existe desculpa! Conhecimento é poder, e quando se trata de inteligência financeira é a bandeira da sua liberdade!

A Field não sabe qual a sua área de atuação, mas se for prestação de serviços, tem um conteúdo sobre isso aqui: Regime de contratação de técnicos externos: quais são?.

#3 Tenha reservas

Não entenda a reserva como aquela poupança que sua avó diz para você fazer.

A reserva é aquela grana que você realmente vai usar quando realmente precisar.

Estourou um cano e alagou todo o escritório.

E justo naquele mês, seu contador te mandou um boleto de um imposto que tinha ficado para trás lá no primeiro ano de operação da empresa.

E aí, você frita o peixe ou olha o gato?

Ter que fechar as portas por problemas como esse pode ser muito frustrante.

A empresa pode até aderir a empréstimos emergenciais. Porém, quantos menos dívidas desse tipo, melhor. Sem contar que com os juros, você poderia contratar mais pessoas ou investir em novos equipamentos.

É por isso que as reservas precisam existir.

E já que falamos em encanamento, empresas também precisam de manutenção, viu?

Não é só comprar um ar-condicionado e está tudo certo.

Saiba mais: Tipos de manutenção para aderir na sua empresa e não deixe de incluir no fluxo de caixa.

#4 Usa o livro caixa? Tudo bem, mas utilize também a tecnologia

O velho e bom livro caixa.

Ir em uma papelaria e pedir um livro caixa já fez parte da vida de muitos e grandes empreendedores desse país.

O lance é: não basta tê-lo, é preciso atualizar todos os dias (reforço da indireta da dica 1 novamente).

É um bom parceiro e muito eficiente. Só que além dele, a empresa não só pode, como deve contar com a tecnologia para ajudar a manter tudo em dia.

Existe o famoso excel que já é uma boa facilidade. Deixa ali tudo esquematizado e faz as comparações dos meses anteriores a um clique.

Só que também existem programas que auxiliam até no pagamento de contas. Assim, você não atrasa nada e evita aquela multa desnecessária.

Entre os programas disponíveis, está a Conta Azul, super parceiro da Field.

O bom de ter processos tecnológicos que envolvem a inteligência financeira é a facilidade de acesso.

Você se vê andando com o livro caixa embaixo do braço em uma reunião?

Ou até mesmo mostrando-o para possíveis investidores? Não, neh!

#5 Invista em processos e em pessoas!

Usar uma porcentagem por mês para investimento em processos e em pessoas é muito interessante para empresas que buscam uma boa escala de crescimento.

Caso esteja se perguntando sobre o que significa processo nesse caso, pode ser desde a adesão a novos softwares que vão facilitar a gestão não só da empresa, mas dos funcionários e até das demandas diárias que a atividade exercida exija até novos equipamentos.

Já quando se trata de pessoas, vale a contratação desde um profissional super visado do mercado e que fará a diferença no seu time até desenvolver habilidades daqueles que já estão dentro da equipe.

E sobre esse último, temos vários toques para te orientar:

Treinamento e desenvolvimento nas empresas: como aplicar;

6 aplicativos para empresas que facilitam a rotina de trabalho;

Sugestões de livros, podcasts e canais sobre inteligência financeira:

A Field não ia te instigar a ir atrás de conhecimento, sem te oferecer conteúdos de referência.

Separamos livros, podcasts e canais que podem te ajudar a melhorar a sua organização e fazer com que você chegue cada vez mais longe.

Livros:

Me Poupe – Natália Arcuri;

Cartas a um Jovem Investidor – Gustavo Cerbasi;

Nunca Mais Fique Sem Dinheiro – Jesse Mecham;

O Segredos da Mente Milionária – Harv T. Eker;

Pai Rico, Pai Pobre  –  Robert Kiyosaki

Podcasts:

Poupecast;

Do Zero ao Topo – produzido pelo InfoMoney;

NerdCash;

Financast;

Canais do YouTube:

Me Poupe! (o maior portal de finanças do mundo – e sim, é brasileiro!)

O Primo Rico;

Gustavo Cerbasi;

O nosso maior motivar de proporcionar conteúdo é ter leitores engajados em proporcionar boons negócios com produtos e serviços aos clientes.

Foi um prazer ter você aqui durante esse tempo.

Aqui no blog, tem muito mais conteúdo sobre gestão, comunicação e finanças.

Se te deixamos com curiosidade sobre o que é a Field Control, vem conhecer o nosso trabalho! Quem saber, a gente não agrega o seu e vice-versa e formamos um belo time.

Entre, sinta-se em casa e já que o céu é o limite, vem voar com a gente: www.fieldcontrol.com.br.

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a utilizar esse site, entenderemos que você concorda com isso. Visite nossas Política de Privacidade