Quanto tempo dura um pneu de carro de frota?

Quanto tempo dura um pneu de carro de frota?

O pneu é fator importante quando o assunto frota de carro empresariais vem a tona. É um item que, se usado de maneira correta, assim como os demais itens, proporciona economia a todo o processo financeiro da empresa. E uma informação muito importante deve fazer parte do seu planejamento: quanto tempo dura um pneu?

O investimento da durabilidade de pneu para frota precisa ser feito. O gasto com novos pneus de forma emergencial pode causar e afetar a receita de forma inesperada.

Toda empresa que tem frota de veículos, independentemente do uso, seja transporte de produtos, seja prestação de serviços, pode focar em alguns tópicos que proporcionam economia e durabilidade de itens automotivos.

Ao dispensar essa atenção, a empresa terá garantia de segurança direcionada aos técnicos e motoristas que utilizam os veículos para o trabalho diário. Além de reduzir custos direta e indiretamente.

 

Custos de um veículo

A gente sabe que manter um veículo não é barato. Desde os custos da regulamentação como IPVA, licenciamento, seguro até a revisão, manutenção e o combustível que têm preços inflacionados constantemente.

Por isso, com todos essas despesas, o gestor pode investir em boas condições de uso. Principalmente nos pneus. Esse é um dos artefatos que demandam atenção constantemente.

Ainda, o que muitos gestores e até motoristas não sabem, é que os pneus são responsáveis pelas manutenções.

A durabilidade de um pneu utilizado em condições normais é de 60 mil quilômetros. Mas depende muito das condições de uso, do modo de dirigir do condutor e o estado das vias percorridas.

 

Quanto tempo dura um pneu?

É sempre indicado nomear um funcionário para determinadas funções na empresa. No caso das que possuem frota, uma pessoa responsável não pela manutenção, mas pelo controle das revisões e manutenção dos carros garante a segurança de todos é bem viável.

Não só dos técnicos que os utilizam todos os dias, mas também dos processos que envolvem os serviços e produtos entregues por esses automóveis.

Afinal, não é desagradável solicitar um serviço e não ser atendido porque o carro do prestador quebrou no meio do caminho?

 

Faça dessas ações uma rotina na sua frota:

  • Além da revisão indicada pela quilometragem, os pneus precisam ser analisados de acordo com a rota direcionada. Quando passam em buracos e vias mal conservadas têm maior desgaste. Os que transitam em rodovias também tendem diminuir a vida útil desses pneus;
  • Outra ação simples e que contribui para a durabilidade de pneu para frota é a calibragem. A indicação feita é a cada 15 dias. Aproveite o momento do abastecimento e faça o procedimento gratuito na maioria dos postos. Se informe no manual qual a libra mais adequada de acordo com o aro da roda. A calibragem também economiza o combustível;
  • O rodízio dos pneus também ajuda para essa durabilidade de pneu. Isso uniformiza o desgaste de todos eles de forma desigual. Os pneus da frente do carro têm um desgaste três vezes maior que os de trás. A média de quilômetros para o rodízio é a cada 10 mil rodados.

 

 

Alinhamento e balanceamento

São procedimentos necessários. Muitas oficinas que realizam esses dois procedimentos abrem aos sábados. O que possibilita a realização sem interromper o fluxo de operações. Inclusive, não demanda muito tempo. Em menos de uma hora, o carro estará pronto.

O alinhamento precisa ser feito quando o volante fica torto, mesmo quando o carro está parado com as rodas alinhadas na direção frontal, entre outros aspectos.

Ajusta os ângulos da roda e as mantém paralelas. Isso garante uma maior vida útil do pneu e também economiza no combustível. Sem contar que previne o atrito do pneu na pista.

Já o balanceamento evita que a roda vibre quando o veículo alcança uma certa velocidade, principalmente nas estradas.

 

Já prestou atenção na forma de dirigir?

O modo como se pisa nos pedais (freio, embreagem e acelerador) tem impacto direto na durabilidade dos pneus.

Quanto mais brusca a pisada, principalmente com frequência, maior o desgaste. Quanto mais suave o acionamento dos pedais, maior conservação dos pneus.

Estar atento ao trânsito é um fator positivo, pois minimiza as surpresas de freadas inesperadas e bruscas ao ser surpreendido em semáforos fechados e paradas não esperadas do veículo à frente.

No momento de estacionar o carro, não deixe as rodas friccionadas nas guias. A calçada pode cortar a borracha do pneu e, em alguns casos, inutilizá-lo. O que significa? A compra de um novo pneu para substituir o step.

 

Dicas para a durabilidade de pneu para frota

  • Fique por dentro dos preços dos pneus que sua frota utiliza de acordo com o aro. Aproveite promoções, mesmo que seja necessário fazer um estoque. A  manutenção de automóveis pode andar de mãos dadas com a economia;
  • Nunca, jamais, deixe os pneus carecas. Esse estado é tão grave que o carro pode ser não só multado, mas também apreendido. Ainda, coloca em risco não só os ocupantes, como as pessoas que transitam nas vias públicas;
  • Faça parcerias com as oficinas. Ter uma frota exige cuidado diário. Por isso, faça uma parceria com a oficina de confiança do gestor. Além de negociar preços abaixo da tabela, de acordo com o número de carros que serão atendidos, a confiança de entregar seu veículo a um profissional ético estará assegurada;
  • Otimize sempre a rota dos técnicos e motoristas. Muito mais que utilizar aplicativos para indicar o caminho mais rápido, adquirir os sistemas que otimizam a rota integralmente com os serviços prestados, principalmente por equipes externas, solidificam e muito essa economia.

 

Quer saber mais dicas de economia quando o assunto é veículo? Acesse nossas orientações sobre como reduzir seus custos: Saiba como estabelecer a economia de combustível na sua empresa.

 

Otimize as rotas

Já que você chegou até aqui, que tal promover maior facilidade no momento de definir a agenda dos técnicos da sua prestadora?

Programar visitas para o profissional na mesmo região tem várias vantagens. Além de evitar horas no trajeto, a economia de combustível e preservação do pneu são garantidas.

Portanto, tem uma agenda digital inteligente auxilia muito nesse quesito. Ainda mais se você consegue saber onde os técnicos estão em tempo real.

A geolocalização não é um monitoramento. É um serviço de inteligência que garante mais agilidade nos atendimentos das visitas.  Dessa forma, o cliente é atendido na hora marcada. E até as visitas de emergência entram na onda.

Vamos testar na prática?

O sistema de gestão de equipes externas tem muitas outras ferramentas, além das já citadas. O nome é Field Control!

Por exemplo, ordem de serviço digital, check-lists, relatórios de produtividade, controle de estoque…

Enfim, são vários usos que aumentam a produtividade em até 40%.

Para saber como é na prática, agende sua demonstração GRATUITA.

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a utilizar esse site, entenderemos que você concorda com isso. Visite nossas Política de Privacidade