Modelo de O.S.

BAIXAR

A importância da padronização dos processos para segurança do trabalho

A importância da padronização dos processos para  segurança do trabalho

Já é sabido – de tanto que falamos por aqui – que processos são pontos importantíssimos para o dia a dia da sua empresa, certo? Sem esquecer que, para uma gestão, é preciso que tudo esteja bem alinhado e seja revisto várias e várias vezes. Afinal, é sempre possível melhorar qualquer tipo de processo. E com a segurança do trabalho não é diferente. Ela precisa de processos claros e diretos. A padronização desse passo a passo pode ser a diferença entre ter ou não sucesso com a segurança do trabalho.

É importante lembrar que a primeira e primordial função da segurança do trabalho é pensar nas pessoas, no indivíduo, para que não aconteçam erros ou acidentes que as prejudiquem. No entanto, é inegável que os processos para segurança do trabalho aumentam a produtividade e a eficiência. Se há menos erros, há melhor produtividade. Sendo assim, a padronização dos processos para segurança do trabalho é um método eficaz para ter tudo isso. Essa padronização vai definir de forma clara as expectativas e atribuições de cada um no processo.

Vamos padronizar

Para que a segurança no trabalho realmente seja eficiente, há um conjunto de normas técnicas, médicas e psicológicas utilizadas na prevenção de acidentes e que também servem para melhorar a qualidade de vida dos colaboradores. Para que tudo isso seja feito, é preciso que os gestores tenham em mente a importância da segurança do trabalho. E mais que isso, investir  periodicamente na saúde e bem-estar da equipe.

E para ter tudo isso dentro da empresa é fundamental que haja normatização no local de trabalho, criando procedimentos de rotina que todos devem seguir para executar as tarefas diárias.

Criando a padronização

Como falamos, as normas devem ser seguidas por todos dentro da empresa. Já que elas interferem diretamente nas questões de segurança do trabalho. A padronização pode começar em processos mais banais do dia a dia, como o atendimento ao telefone, a forma de finalizar ou iniciar um contato por e-mail ou de venda, e até como fechar e abrir o escritório. Com a padronização de coisas diárias mais simples, mas não menos importantes, é preciso avançar para questões mais complexas, como a utilização de equipamentos de segurança, por exemplo. São essas ações que vão melhorar a segurança do trabalho, evitando acidentes.

Outra padronização que pode ser utilizada é, por exemplo, ginástica laboral e palestras sobre postura, para que os colaboradores tenham uma vida mais saudável durante o trabalho, diminuindo problemas na coluna. Sempre lembrando que a padronização deste tipo de ação deve ser seguida também pelos gestores. O exemplo vem sempre de cima. 

#Vamos falar de segurança do trabalho

A utilização de equipamentos de segurança é algo básico, mas outras ações também podem ser adotadas. Focando apenas em segurança do trabalho, há bons exemplos de padronização de processos que podemos utilizar. Por exemplo, a adequação da jornada de trabalho dos colaboradores. Mas por qual motivo fazer isso? É simples! Apesar de parecer desnecessária, as muitas horas de trabalho e plantões sem intervalos podem comprometer o desempenho dos colaboradores. Sao nessas situações que  diversos problemas, como ineficiência e até acidentes, são gerados. 

Quando pensamos em segurança do trabalho sempre lembramos de capacetes, óculos e outras questões mais direta à segurança física das pessoas. Muitas vezes, esquecemos que os profissionais que atuam sentados, em escritórios e posições mais corporativas, podem sofrer uma série de problemas. Um deles é a LER (Lesão por Esforço Repetitivo). É um problema que causa afastamentos e gera problemas. Por isso a importância de adequar a carga horário dos colaboradores.

Outro ponto interessante para a segurança do trabalho é trabalhar com campanhas de conscientização e prevenção para os colaboradores. São ações que podem ser feitas diretamente pelo RH e que impactam positivamente toda a empresa.

#Tecnologia também na segurança do trabalho

Já sei, você vai dizer “mas novamente falando de tecnologia?”. Pois é, quando o assunto é gestão não tem como deixá-la de lado. Inclusive, quando falamos de padronização de processos, não podemos esquecer do quanto a tecnologia pode ser importante para que a empresa atinja os objetivos necessários.

Ferramentas de gestão, como o Field Control, podem te ajudar a desenvolver bons processos de segurança do trabalho. É uma ferramenta de gestão que dá ao gestor uma série de importantes informações. Algumas delas são a localização em tempo real da equipe externa, a ordem de serviço digital e o “ok” final após o serviço realizado. Todos esses processos faz com que seja possível ter todo o cuidado necessário.  Quando o assunto é segurança do trabalho, ter uma visibilidade em tempo real dos colabores é imprescindível. 

Outro ponto interessante do app é a possibilidade de ser utilizado off-line. O que isso significa? Não há necessidade de estar conectado 100% do tempo e atualizando as informações assim que tiver conexão. Toda essa tecnologia auxilia os gestores na coordenação dos chamados e diretamente na visita de campo. Ainda, destina os profissionais de acordo com suas capacidades e habilidades, e alinhados às demandas e o controle de visitas externas. Tudo isso traz maior eficiência ao dia a dia de todos, e promovendo mais satisfação aos clientes e também às equipes.

 

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Modelo de Ordem de Serviço