Modelo de O.S.

BAIXAR

7 dicas de marketing em empresas de serviço para vender mais

1 março 2019

Marketing
7 dicas de marketing em empresas de serviço para vender mais

Seja você um advogado, contador, engenheiro, arquiteto, consultor ou prestador de serviço autônomo, é provável que você esteja preocupado em atrair novos negócios. E para ajudar nesse desafio aprender algumas dicas de marketing em empresas de serviço é estratégico.

Um estudo recente do Instituto de Pesquisas Hinge descobriu que 72% das empresas de serviços profissionais dizem que é o desafio número um atrair novos clientes.

Atrair e conquistar novos negócios é a razão pela qual precisamos do marketing. Ele existe para gerar leads qualificados que podem ser repassados ​​à equipe de vendas, resultando em novos negócios. Simples, certo?

Bem, não exatamente. Com o crescimento da internet, o marketing passou a ser responsável por 60 a 80% do ciclo de vendas. Sim, 60-80%. É quanto tempo nossos clientes passam pesquisando suas opções antes de entrar em contato com um vendedor.

Marketing de serviços para atrair novos negócios

O desafio do marketing em empresas de serviço é descobrir o que fazer para garantir que possíveis clientes o encontrem quando estiverem pesquisando seu problema.

“Nos velhos tempos”, os profissionais de marketing lançavam muitas coisas por aí, por mala direta, rádio, anúncios em jornais, anúncios em revistas, etc. Mas, como todos sabemos, a maioria de nós bloqueia essas coisas no mundo de hoje. Nós ‘consumimos marketing’ em nossos próprios termos, quando precisamos.

Portanto, a questão permanece: o que podemos fazer para garantir que nossos possíveis clientes nos encontrem quando estiverem procurando por nosso produto ou serviço?

Identificamos 7 coisas que você pode fazer no marketing em empresas de serviço para que seus clientes em potencial encontrem você quando precisarem.

Dicas de marketing em empresas de serviço

1. Saiba quem é o seu público

No mundo do marketing, chamamos esse público de buyer personas e a maioria das empresas de serviços profissionais tem mais de uma. A definição da(s) persona(s) é um dos primeiros passos no marketing em empresas de serviço.

Uma buyer persona descreve detalhadamente:

  • quem é seu potencial cliente;
  • quais são seus desafios;
  • quais são suas oportunidades;
  • como eles pensam;
  • como compram;
  • sua faixa etária, etc.

Todas essas informações contribuem para que você seja o mais útil possível ao educá-los sobre suas soluções.

Um profundo entendimento de suas buyer persona também informa onde seus clientes em potencial ficam online, para que você saiba que é onde precisa estar também.

Para se certificar de que seu negócio será encontrado, é preciso falar para o público certo no lugar certo.

2. Desenvolver uma estratégia de marketing integrada

Uma estratégia de marketing em empresas de serviço detalhando seus objetivos gerais é essencial para que você possa determinar as melhores táticas para atingir esses objetivos.

Integrar suas campanhas (e-mail, mídia social, vídeo, etc.) em conjunto aumenta significativamente suas chances de sucesso.

Por exemplo, se o seu plano de marketing incluir exibições em feiras, você poderá integrá-lo com outras táticas, como campanhas de mídia social e e-mail.

Ter uma abordagem omnichannel ajuda a aumentar o tráfego no programa e a ficar conectado com as pessoas que você conheceu posteriormente.

3. Use seu site como uma ferramenta

No mundo digital, todos precisamos pensar como uma editora. Seu site é efetivamente uma revista digital, para educar, informar e ajudar os visitantes, leads e clientes.

Mas quantas vezes você voltaria para ler a mesma edição de uma revista? Talvez uma vez. Mas provavelmente nunca, certo?

Um sites precisa ser dinâmico. Ele deve ser uma biblioteca dos ativos digitais da empresa – postagens de blogs, eBooks, podcasts, vídeos, whitepapers, etc.

Todas as informações valiosas que são muito mais úteis se compartilhadas com os clientes atuais e potenciais. Não apenas você será encontrado pelas pessoas que estão procurando por seus serviços, mas também as fará voltar.

4. Mostre o conhecimento de sua empresa

Você sabia que 94% dos compradores B2B (e mais de 85% dos compradores B2C) pesquisam suas opções online antes de comprar? Eles verificam sites, avaliações, blogs e mídias sociais.

Escrever posts no blog é uma excelente maneira para a sua equipe mostrar a profundidade de seu conhecimento. E criar estudos de caso mostra o incrível trabalho que você fez, especialmente se estiver resolvendo desafios que muitos de seus clientes em potencial podem estar enfrentando.

O único controle que uma empresa tem sobre o que os possíveis compradores vêem online é publicar proativamente o máximo possível de informações úteis. E essa é uma estratégia Marketing em empresas de serviço simples de colocar em prática.

5. Seja estratégico sobre mídia social

Você consegue imaginar uma empresa madeireira que não tenha acesso a caminhões ou trens para entregar seu produto? Quantos clientes teriam a capacidade de dirigir até a sua sede e escolher o produto? Muito poucos, certo?

Bem, essa rede de distribuição, que é essencial, é como as mídias sociais.

Precisamos delas por vários motivos na estratégia de marketing em empresas de serviço, mas principalmente para direcionar o tráfego de volta ao nosso próprio site.

Para obter o máximo de valor do tempo e do investimento financeiro que feito nas mídias sociais, primeiro é preciso de uma estratégia social, detalhando objetivos e métricas inteligentes para que poder monitorar o sucesso das ações.

6. Aproveite as redes da sua equipe

Se você está no mundo B2B, é essencial que toda a sua equipe profissional seja treinada sobre como usar o LinkedIn (e possivelmente o Twitter). O LinkedIn tem mais de 300 milhões de usuários e mais de 3 milhões de páginas da empresa. E 35% desses usuários acessam o LinkedIn todos os dias.

Então, se você quer se conectar com clientes em potencial, influenciadores ou funcionários em potencial, imagine seu alcance se incluísse as suas redes, as da sua empresa e toda a sua equipe? Uma rede de esteróides é a descrição que vem à mente.

E se você está se perguntando se não há problema em pedir a seus funcionários que usem sua conta pessoal do LinkedIn para promover seu negócio, basta deixá-los à vontade para fazer isso, sem impor nenhuma obrigação.

7. Revise, mensure e analise os dados (frequentemente)

É preciso mensurar qualquer coisa se que faça para melhorá-la. E no marketing em empresas de serviço essa também é uma premissa verdadeira.

Muitas vezes, a razão pela qual as pessoas não mensuram o marketing é porque elas não têm as ferramentas disponíveis. Ou não sabem o que realmente acompanhar. Felizmente, isso não é mais o caso.
Seja com o Google Analytics (que é gratuito), HubSpot ou alguma outra forma de automação de marketing, a medição nunca foi tão fácil.

E aqui estão algumas das principais métricas de marketing digital que você pode começar a acompanhar hoje.

Atrair novos negócios em um mundo cada vez mais competitivo e digital é um desafio, mas não impossível.

Quando temos a estratégia voltada para o Marketing em empresas de serviço e a equipe certas, podemos atrair mais negócios do que poderíamos imaginar.

O Field Control é um sistema de gerenciamento para prestadores de serviços externos. Com ele o técnico:

  • Recebe as atividades no celular;
  • Preenche checklists;
  • Anexa fotos
  • Colhe a assinatura do cliente, dentre outros.

Toda ordem de serviço fica 100% digitalizada. Entre em contato com a nossa equipe e saiba como melhorar o gerenciamento dos seus funcionários.

por Eduardo Santos, Field Control

Eduardo é um dos fundadores e responsável pelas operações da Field Control. Trabalha há mais de 12 anos com tecnologia, gestão e processos.

Modelo de Ordem de Serviço