PMOC: o que é, para que serve e modelo grátis

Técnico fazendo manutenção para PMOC em ar condicionado

No âmbito da climatização e refrigeração empresarial, a busca pela eficácia operacional é primordial. Dentro desse contexto, o Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) emerge como uma ferramenta vital para as empresas que operam nesse setor. Mas, o que exatamente é o PMOC?

Neste artigo, vamos explorar em detalhes o processo de criação do PMOC, destacando as informações essenciais, as obrigações legais e disponibilizando modelos prontos para impressão ou uso digital. Prepare-se para mergulhar neste universo fundamental para garantir a qualidade e o desempenho dos sistemas de climatização e refrigeração.

O que é PMOC?

O Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) é um documento fundamental que define os passos necessários para manter sistemas de climatização artificial em funcionamento adequado. De acordo com a Lei n° 13.589/2018, é obrigatório para edifícios públicos, coletivos e de uso restrito que dependam de controle artificial do clima.

O PMOC aborda uma série de tarefas específicas para garantir a manutenção de componentes essenciais, como ventiladores, trocadores de calor, evaporadores, filtros e sistemas elétricos. Essas tarefas incluem limpeza, inspeções, lubrificação, ajustes e medições, visando garantir o funcionamento eficiente e seguro do sistema.

Além disso, o PMOC visa promover a saúde ocupacional e a eficiência energética. Ele garante a limpeza dos equipamentos e estruturas, eliminando fungos, bactérias, ácaros e outros contaminantes, o que contribui para a prevenção de doenças respiratórias. Também ajuda a manter a eficiência dos equipamentos ao longo do tempo, resultando em economia de energia e redução de licenças médicas devido a problemas respiratórios.

O PMOC é essencial para certificar a segurança dos equipamentos de controle climático. Ele documenta as rotinas de manutenção e os procedimentos realizados nos equipamentos, garantindo condições ideais de saúde ocupacional e desempenho para os ocupantes de espaços com controle climático.

Para que serve o PMOC?

O Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) é crucial para garantir ambientes climatizados seguros e saudáveis, conforme exigido pela legislação brasileira, incluindo a Portaria MS nº3.523/98 e a Lei 13.589. Essa implementação visa proteger a saúde dos ocupantes.

O PMOC tem como principais objetivos a prevenção de riscos à saúde, garantindo a minimização da proliferação de fungos, bactérias, ácaros nos sistemas de climatização, e a manutenção da qualidade do ar interior. Ao implementar procedimentos de verificação e manutenção, o PMOC contribui para a saúde respiratória dos usuários, evitando problemas decorrentes da exposição a microorganismos prejudiciais. Além disso, promove a conservação dos equipamentos, prolongando sua vida útil e reduzindo custos com reparos ou substituições precoces, enquanto otimiza a eficiência energética, resultando em economia para o estabelecimento.

Os procedimentos inclusos no PMOC abrangem a verificação de filtros, incluindo inspeção e substituição para garantir a eficiência do sistema, a realização de manutenção de rotina, como limpeza, ajustes e reparos necessários, e a emissão de relatórios de condições detalhados, que registram os achados e as manutenções realizadas, garantindo transparência no processo de garantia da qualidade do ar interior.

Quais informações precisam constar no PMOC?

O PMOC deve incluir uma série de informações essenciais para garantir a conformidade com as normativas e a eficácia na manutenção dos sistemas de climatização. Aqui estão os detalhes cruciais que devem ser parte integrante de qualquer PMOC:

  1. Identificação do Estabelecimento e do Responsável Técnico: É fundamental que o PMOC contenha os dados do estabelecimento onde os sistemas de climatização estão instalados, bem como informações completas sobre o profissional técnico responsável.
  2. Equipe Técnica Responsável: Deve-se detalhar os membros da equipe técnica envolvida, que pode incluir engenheiros, tecnólogos ou outros profissionais técnicos.
  3. Localização dos Equipamentos Instalados: Uma descrição precisa de onde cada equipamento de climatização está instalado dentro do estabelecimento é necessária.
  4. Número de Ocupantes e Carga Térmica: O PMOC deve listar o número de pessoas que frequentam os ambientes climatizados e a carga térmica (em BTUs) de cada equipamento.
  5. Lista Completa de Ambientes Climatizados: É importante incluir uma lista detalhada de todos os ambientes que possuem climatização, com identificação específica de cada um.
  6. Descrição Detalhada das Atividades e Procedimentos: O plano deve especificar todas as atividades, procedimentos e verificações a serem realizados, além de sua frequência (diária, semanal, quinzenal, mensal, bimestral, trimestral, anual).
  7. Atualização Regular do PMOC: O documento deve ser regularmente atualizado, seguindo a frequência determinada pela equipe técnica, baseada em fatores como capacidade dos equipamentos, marca, modelo e recomendações do fabricante.
  8. Análise da Qualidade do Ar: Para sistemas com capacidades acima de 5 TR, deve-se incluir uma análise da qualidade do ar, conforme a Resolução 09.
  9. Projeto do Sistema de Climatização: Em casos de instalações em múltiplas salas com unidades Mini Split, deve-se incluir o projeto de instalação do sistema de climatização.
  10. Relatórios Individuais para Cada Unidade de Ar-condicionado: É necessário que haja relatórios individuais para cada unidade, sem que o cliente precise revisar todas as páginas do relatório.
  11. Documentação Adicional: Documentos adicionais que devem acompanhar o PMOC incluem ART do serviço, declaração de responsabilidade do profissional técnico, cópia da carteira do CREA do profissional técnico, layout da área climatizada e teste de verificação da qualidade do ar.

Essas informações são cruciais para a elaboração de um PMOC eficaz, que não só atenda às exigências legais, mas também promova a segurança, a eficiência e a saúde nos ambientes climatizados.

Como fazer o PMOC?

Para garantir a eficácia na elaboração do PMOC, é essencial seguir duas etapas principais: avaliação da qualidade do ar e manutenção mecânica do sistema de ar-condicionado. Este processo detalhado assegura não apenas a conformidade com as normativas, mas também a eficiência e segurança dos ambientes climatizados.

Avaliação da Qualidade do Ar

  1. Parâmetros Microbiológicos, Químicos e Físicos: A primeira fase do PMOC envolve uma análise rigorosa que inclui parâmetros microbiológicos, químicos e físicos. Esta avaliação é crucial para identificar e mitigar quaisquer riscos potenciais à saúde dos ocupantes.

Manutenção Mecânica

  1. Coleta de Informações Essenciais: Antes de iniciar a manutenção mecânica, é necessário coletar informações detalhadas sobre o ambiente, o proprietário, o gerente técnico responsável, o projeto de instalação e o plano de manutenção.
  2. Implementação de Soluções Digitais: O uso de soluções digitais para centralizar informações reduz significativamente o trabalho manual, possibilita o rastreamento em tempo real da equipe e garante a conformidade com a Lei 13.589/2018. Estas ferramentas são essenciais para a gestão eficiente do PMOC.

Contrato de Serviço Anual

  1. Definição de Frequências de Análise: O PMOC deve ser estruturado com base em um contrato de serviço anual, onde as frequências de análise são pré-definidas. Esta organização previne interrupções e garante que todas as manutenções necessárias sejam realizadas no tempo certo.

Seguindo estas etapas detalhadas, você pode assegurar que o PMOC seja realizado de maneira eficiente, cumprindo todas as exigências legais e técnicas necessárias para manter a qualidade e a segurança dos sistemas de climatização.

Modelo de PMOC gratis.

Se você quer dar o seu primeiro passo e começar a fazer um PMOC de forma fácil e gratuita, temos um modelo para você. Aqui está um modelo de PMOC da Field Control, criado para ajudar empresas de refrigeração e climatização a iniciar o seu processo de conformidade sem complicações. Basta acessar o link abaixo para baixar o modelo e começar a preencher com as informações específicas do seu projeto.

Aproveite esta oportunidade para dar o primeiro passo em direção à conformidade e eficiência. Baixe agora mesmo nosso modelo de PMOC gratuito e descubra como podemos ajudar sua empresa a se destacar no mercado.

MODELO PMOC GRÁTIS 

Gerador de PMOC GRATUITO Field Control

Imagem de gerador de PMOC gratis

Pensando em facilitar sua vida, nós da Field Control criamos um Gerador de PMOC gratuito que vai te ajudar em várias etapas do processo. Com o nosso Gerador de PMOC, você pode esquecer a papelada e os processos manuais demorados. Em vez disso, nossa ferramenta vai te guiar passo a passo, garantindo precisão e agilidade. Além disso, o PMOC digital elimina os riscos de perda ou extravio de documentos físicos.

Experimente agora mesmo o Gerador de PMOC da Field Control e descubra como podemos simplificar sua rotina, economizar tempo e garantir a conformidade com as regulamentações vigentes. Não perca tempo, comece agora mesmo a transformar a maneira como você lida com o PMOC!

Ah, e não se esqueça de conferir nosso vídeo no YouTube que explica detalhadamente como funciona o processo do nosso Gerador de PMOC digital.

Infográfico

Infográfico: Otimize sua gestão de PMOC

Quais equipamentos precisam de PMOC?

Equipamentos que Requerem PMOC

A legislação brasileira especifica uma série de equipamentos que necessitam de um Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC) para assegurar a segurança e eficiência dos ambientes climatizados. Abaixo, detalhamos os principais equipamentos que se enquadram nesta exigência:

  1. Ar-condicionados com capacidade acima de 5 TR: Todos os sistemas de climatização com capacidade térmica superior a 15.000 kcal/h ou 60.000 BTU/H precisam de PMOC, conforme estabelecido pela Portaria n.º 3.523/98 e Resolução n.º 9/03.
  2. Torres de Resfriamento, Chillers e Exaustores: Equipamentos como torres de resfriamento, chillers, exaustores de cozinha, sistemas de resfriamento evaporativo e câmaras frias estão inclusos na lista de equipamentos que exigem a implementação de um PMOC.
  3. Data Centers e Sistemas de Exaustão de Cozinhas: Estes também são considerados críticos e requerem PMOC para garantir a operação segura e eficiente.
  4. Sistemas Mini Split: Para esses sistemas, é necessário um sistema de ventilação com caixa de filtro e ventilador para assegurar a renovação adequada do ar.
  5. Edifícios Públicos e Coletivos com Ambientes Climatizados: Independentemente da carga térmica, todos os edifícios públicos e coletivos que possuem ambientes com controle climático artificial necessitam de PMOC.
  6. Estabelecimentos com Sistemas de Climatização acima de 60.000 BTUs: A Lei Federal nº 13.589 obriga a criação de um PMOC para estabelecimentos que operem sistemas de climatização com capacidades acima deste limite. *
  7. Criação de PMOC Individualizado por Equipamento: Mesmo que vários equipamentos estejam localizados no mesmo espaço, cada um deve ter seu próprio PMOC elaborado.

O PMOC é obrigatório?

Sim, o PMOC (Plano de Manutenção, Operação e Controle) é obrigatório em várias instâncias e para diferentes tipos de edificações no Brasil. Este requisito legal visa assegurar a qualidade do ar e a segurança dos ambientes climatizados.

Legislação e Obrigatoriedade

  1. Edifícios Públicos e de Uso Coletivo: Segundo a Lei Federal nº 13.589/18, o PMOC é mandatório para todos os edifícios públicos e de uso coletivo que possuem sistemas de climatização.
  2. Capacidade dos Sistemas de Climatização: Inicialmente, a exigência do PMOC estava direcionada para sistemas com capacidade acima de 60,000 BTU. No entanto, a lei foi ampliada para incluir todos os sistemas de climatização, independentemente da sua capacidade.
  3. Portaria 3.523/GM de 1998: Essa portaria estabelece a necessidade do PMOC para garantir a qualidade dos ambientes climatizados e a saúde dos usuários.
  • Você sabia? A legislação atual exclui edifícios residenciais da obrigatoriedade do PMOC, focando em ambientes de uso coletivo ou público.

Quem pode assinar o PMOC?

Profissionais qualificados em refrigeração, ar-condicionado e áreas afins podem assinar o Plano de Manutenção, Operação e Controle (PMOC).

De acordo com a Resolução nº 68 do Conselho Federal dos Técnicos Industriais (CFT), técnicos com registro profissional podem assinar o PMOC, desde que tenham completado o Termo de Responsabilidade Técnica (TRT), que substitui a ART (Anotação de Responsabilidade Técnica).

Engenheiros mecânicos registrados no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA), técnicos ou tecnólogos em refrigeração e ar-condicionado, registrados no Conselho Regional dos Trabalhadores Industriais (CRT), também são autorizados a assinar o PMOC.

O profissional responsável pelo PMOC deve possuir conhecimento técnico sobre a operação dos sistemas de ar-condicionado, ser capaz de identificar problemas e soluções, além de implementar e manter planos, garantindo a execução do PMOC e mantendo registros de todos os procedimentos.

Desde que a Lei 13.589/2018 entrou em vigor, engenheiros, técnicos e tecnólogos da engenharia mecânica podem assinar documentos de PMOC. Outros profissionais registrados em órgãos como CONFEA, CREA, CFT e CRT também têm essa permissão.

Como funciona a fiscalização?

Os órgãos responsáveis pela fiscalização, como a vigilância sanitária municipal, estadual e a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), garantem que os ambientes climatizados estejam em conformidade com as normas de PMOC. Essa supervisão é essencial para assegurar a segurança e saúde dos ocupantes. Em caso de irregularidades, multas que variam de R$1.500,00 a R$2.000,00 podem ser aplicadas. É fundamental que as empresas cumpram com as normativas para evitar essas penalidades.

Qual a frequência que o PMOC deve ser feito?

A determinação da frequência de manutenção e atualização do PMOC é crucial para a integridade dos sistemas de climatização e a saúde dos usuários. Veja as práticas recomendadas e diretrizes para estabelecer essa periodicidade:

  1. Determinação Técnica Responsável: O técnico responsável deve estabelecer a frequência das manutenções do PMOC, seguindo as recomendações do fabricante dos equipamentos.
  2. Revisão e Atualização Regular: É essencial que o PMOC seja revisado e atualizado regularmente, conforme determinado pelo técnico responsável, para adaptar-se às necessidades operacionais e garantir a conformidade regulatória.
  3. Atualizações Conforme Necessidade: O PMOC deve ser atualizado sempre que necessário para preservar a eficácia dos sistemas de climatização e a saúde dos ocupantes.
  4. Práticas Recomendadas de Inspeção e Manutenção:
  5. Inspeção e limpeza regular de dutos e filtros de arCalibração de controles de temperatura e umidadeMonitoramento da qualidade do ar internoManutenção de registros atualizados das atividades do PMOC.

Estas diretrizes ajudam a garantir que o PMOC seja um documento vivo, adaptando-se às mudanças das condições operacionais e mantendo os sistemas de climatização em estado ideal de funcionamento.

Quais os benefícios do PMOC?

A implementação do PMOC traz uma série de benefícios significativos tanto para a manutenção dos equipamentos quanto para a eficiência operacional e a saúde ambiental. Vejamos detalhadamente cada um desses benefícios:

  1. Aumento da vida útil dos equipamentos de climatização: A manutenção regular prevista pelo PMOC ajuda a reduzir o acúmulo de poeira e a prevenir falhas nos equipamentos, prolongando significativamente sua vida útil.
  2. Redução dos custos com energia elétrica: Com o PMOC, os sistemas de ar-condicionado operam de maneira mais eficiente, o que se traduz em menor consumo de energia elétrica e, consequentemente, redução nas despesas com eletricidade.
  3. Manutenção da limpeza de equipamentos e estruturas: O plano assegura que os equipamentos e as estruturas se mantenham limpos e livres de bactérias, fungos, contaminantes e materiais nocivos, promovendo um ambiente mais saudável.
  4. Ambientes termicamente confortáveis e com boa eficiência energética: A conformidade com as regulamentações do PMOC garante não apenas um ambiente com temperaturas agradáveis mas também eficiência energética, reduzindo os custos de manutenção e prolongando a vida útil dos equipamentos.
  5. Implementação de soluções digitais: O uso de soluções digitais no gerenciamento do PMOC pode reduzir custos, melhorar a produtividade e garantir a execução adequada do plano, trazendo modernidade e eficiência para a gestão da manutenção .
  6. Custos variáveis conforme a necessidade: Os custos associados ao PMOC podem variar dependendo de fatores como o número de equipamentos, capacidade, peças e custos de mão de obra, permitindo uma gestão financeira mais flexível e adaptada às necessidades específicas de cada estabelecimento.

3 Erros ao Implementar o PMOC na sua empresa

Erro 1: Falta de Conhecimento sobre a Legislação

Um dos erros mais recorrentes é a falta de compreensão das normas e regulamentos relacionados ao PMOC. Ignorar as exigências legais pode resultar em multas e penalidades para a empresa. É fundamental estar atualizado com as legislações pertinentes e garantir que o PMOC esteja em conformidade com todas as normas aplicáveis.

Erro 2: Ausência de Documentação Adequada

Outro erro comum é a falta de documentação adequada do PMOC. Um plano bem elaborado deve incluir todos os procedimentos operacionais, registros de manutenção, relatórios de inspeção e análise de qualidade do ar. A ausência desses documentos pode dificultar a identificação de problemas e comprometer a eficácia do programa.

Erro 3: Não Realizar Monitoramento e Avaliação Regular

O PMOC não é um processo estático; ele requer monitoramento e avaliação contínuos para garantir sua eficácia ao longo do tempo. Muitas empresas cometem o erro de implementar o plano e depois negligenciar a monitorização do sistema de climatização e a qualidade do ar interior. É essencial realizar inspeções regulares, análises de amostras de ar e manutenção preventiva para garantir um ambiente saudável e seguro.

 

Software para PMOC

Imagine-se como um gestor de uma empresa de climatização e refrigeração, lidando diariamente com processos atrasados, ordens de serviço perdidas e clientes insatisfeitos devido à falta de controle eficiente. Essa realidade pode ser desafiadora e impactar diretamente o sucesso do seu negócio.

No entanto, com o software da Field Control, esses problemas se tornam coisa do passado. Além de oferecer um poderoso gerador de PMOC, nosso software é projetado para atender às necessidades do setor de climatização e refrigeração. Com funcionalidades avançadas, como controle de campo, gestão de ordens de serviço e monitoramento em tempo real, você pode otimizar suas operações, aumentar a eficiência e proporcionar um serviço excepcional aos seus clientes.

Imagine poder agendar e acompanhar todas as atividades da sua equipe em um único lugar, garantindo que cada trabalho seja concluído no prazo e com excelência; ter acesso instantâneo a relatórios detalhados sobre o desempenho da sua empresa, permitindo tomar decisões mais informadas e estratégicas.

Não deixe que a falta de controle comprometa o crescimento do seu negócio. Agende agora mesmo uma demonstração do nosso software e descubra como a Field Control pode transformar sua empresa, proporcionando mais eficiência, produtividade e satisfação do cliente. Não espere mais para alcançar o sucesso que você merece.A Field Control está aqui para ajudar você a alcançar seus objetivos. Solicite sua demonstração. 

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a utilizar esse site, entenderemos que você concorda com isso. Visite nossa Política de Privacidade