Custo de manutenção: o que é e como reduzir

Custo de manutenção: o que é e como reduzir

Qual empresa gosta de desperdiçar dinheiro com aquilo que pode ser evitado? A prevenção e organização de diversos processos facilitam a rotina e ainda, faz com que verbas sejam investidas em ações que trarão mais desempenho e, consequentemente, mais lucro. E nesse caso, o custo de manutenção entra como um dos itens a receber uma atenção extra.

 

 

O que é custo de manutenção

São todos os gastos que uma empresa, edifício ou domicílio têm para manter determinados aparelhos, equipamentos e funções funcionando plenamente. E não envolve apenas as demandas que exigem consertos ou trocas de peças. Algumas empresas contabilizam custos mensais como água, luz, telefone, afinal, são essenciais para se manter em atividade. Gastos extras com carros de frota, revisões fora de hora, desde um simples pneu furado até um motor fundido, entram também.

As obras de reparação e instalação cabem na lista do custo de manutenção. Simplificando, sabe aquele gasto não previsto que entra no fluxo de caixa de um dia para o outro? É isso que se resume em um custo de manutenção.

Vamos aqui fazer uma lista do que você pode considerar como esse tipo de custo:

  • Reposição de ferramentas perdidas ou quebradas;
  • EPIs que foram danificados durante a operação (óculos, aventais, luvas, fones, entre outros);
  • Compras emergenciais de peças para reposição e que estão em falta no mercado, o que coloca o preço lá em cima. Com isso, já fica a dica para que você tenha um estoque das peças, itens e até EPIs com maior fluxo de reposição. Comprando em grande quantidade, a empresa consegue um bom desconto e ainda tem a segurança de que terá à disposição sempre que necessário. Entretanto, um controle de estoque exige organização para que não vire bagunça. Uma pessoa responsável facilita a autorizar a retirada realmente só do que tem necessidade de reposição.

Como reduzir o custo de manutenção

Algumas ações diárias reduzem os custos, porém, é necessário organização e colaboração de todos que vivem ou trabalham no local.

Implemente treinamentos para que determinados equipamentos sejam utilizados da forma correta com todo o dia. E mais ainda, incentivar a redução de custos como desperdício de luz, água, papel, sem necessidade.

Sobre os equipamentos de proteção individual e coletiva também cabe uma boa orientação quanto ao uso correto e até mesmo uma conversa franca a respeito dos custos de compra e reposição para a empresa.

 

custo de manutenção planejamento

Manutenção preventiva 

Quando se trata de equipamentos, implementar um calendário de manutenção preventiva, evita que a manutenção corretiva seja aplicada com frequência e também reduz os custos.

A corretiva é o mais caro tipo de manutenção, já que é aplicada em casos de correção, como já diz o nome. Na maioria dos casos, são chamadas emergenciais que exigem a troca de peças ou substituição temporária, enquanto a que está com problemas é reparada.

Para começar, uma agenda na qual indique os períodos indicados da manutenção preventiva, de acordo com o ritmo e operação do equipamento, reduz muito bem os custos e interrupções inesperadas. Quanto mais prevenção, menores as chances de uma ação entrar no custo de manutenção. E quando isso acontece, o que você faz?

Ter contratos com empresas de manutenção é fundamental para manter essa agenda e prevenção em dia. Se você colocar no lápis, é mais vantajoso pagar pela prevenção que pela correção. No momento da escolha do seu fornecedor, pesquise prestadoras de serviços que utilizam ferramentas que facilitem a operação, cumprindo horários das visitas e no momento das visitas emergências, te atenda em tempo hábil.

Muitas dessas empresas já utilizam sistema de gestão para equipes externas com diversos processos integrados que melhoram o desempenho da manutenção, no qual o cliente tem acesso para saber tudo o que acontece naquela manutenção. Por exemplo, checklist e relatório fotográfico daquela atividade, um antes e depois da peça trocada e do reparo como um todo, para que o responsável faça uma comparação e tenha como um histórico das manutenções que aquele equipamento já recebeu.

O Field Control realiza esses processos digitais e mais outros como ordem de serviço, localização do técnico em tempo real (o que garante segurança e planejamento para quem o receber), entre outros que proporcionam alta resolução durante a manutenção e garantias de um trabalho executado com excelência.

Para saber mais, acesse nosso site clicando aqui e entenda o que podemos fazer pelos processos da sua empresa.

 

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a utilizar esse site, entenderemos que você concorda com isso. Visite nossa Política de Privacidade