Modelo de O.S.

BAIXAR

Feriados prolongados e a produtividade da equipe externa

Feriados prolongados e a produtividade da equipe externa

Quando o feriadão aponta no calendário, o sorriso bate de ponta a ponta, não é? Você se vê dando aquela descansada com a família ou fazendo a mala para viajar e fugir da rotina. Mas… como fica a produtividade da equipe externa antes, durante e pós-feriado?

Todo profissional que dá duro durante o mês todo agradece quando vê aquele dia pintado de vermelho no calendário. Aí surge mais um desafio para o gestor dos técnicos que atuam em campo: como manter a produtividade e motivação durante essa época? E quando o feriado é prolongado, aqueles que caem não só às segundas e sextas, mas também os de quinta e terça, a empolgação é maior ainda.

Mas nem toda empresa emenda. E nem todo mundo viaja. E as coisas quebram e equipamentos param de funcionar, não importa se é feriado, domingo de páscoa ou carnaval.

A Field te orienta com algumas dicas bem básicas para que a produtividade da equipe externa não seja impactada nessas datas:

  • Se o seu segmento atua com situações de emergências, o melhor é lidar com escala. E que ela seja realmente comprometida e faça um rodízio que agregue todos os técnicos;
  • Existem setores que não param nunca: o da saúde é um deles. Hospitais funcionam 24 horas por dia, 365 dias no ano. Mesmo em feriados que caem na sexta ou segunda é bom deixar sempre alguém de plantão, caso esse tipo de instituição faça parte da carteira de clientes da prestadora.
  • Com o uso de aplicativos para equipes externas, o técnico pode ficar em casa e ser acionado apenas quando houver realmente uma chamada. O gestor também tem um aplicativo no qual pode fazer todo o gerenciamento da equipe por meio de um sistema de gestão de equipes externas. Assim, não precisa estar com o computador o tempo todo. Mas deixe claro que a pessoa está de plantão. Ou seja, à disposição da empresa. Oriente que consumo de bebidas alcoólicas e estar em regiões afastadas da área de cobertura da prestadora são proibidos;
  • Entre novembro e dezembro, faça uma escala prévia com todos os feriados do ano seguinte. Nela indique em quais haverá funcionamento da empresa, folgas coletivas como dias 24 e 31 de dezembro (se possível). Na produção dessa escala, faça uma reunião com todos e pergunte se os técnicos querem trocá-las entre si. Às vezes, algum feriado pode cair no aniversário de algum familiar do técnico e dar essa folga para ele, trocando com outro profissional, garante um bom clima na equipe e uma motivação extra.

Antes e pós-feriadão

Os dias antes do feriado são de empolgação. Todo mundo fica animado contando os minutos para chegar a hora de dar tchau! Os que não estarão na escala de plantão, então… ficam mais que animados. Mas o gestor precisa ter o papel de um líder que mantém o foco durante todo o expediente. Não importa a data.

Uma sugestão que pode motivar todos os envolvidos nas visitas de campo é marcar um churrasco após o expediente na sede da prestadora (caso as instalações físicas possibilite) ou até mesmo marcar um happy hour. Será um prêmio para os que estarão de plantão no dia seguinte. E uma motivação para os que estarão de folga a cumprirem a escala de visitas com pontualidade naquele dia.

Depois do feriado, a gente sugere que você faça uma reunião logo de cara, assim no primeiro horário, reforçando as metas e objetivos da empresa, que todos estão juntos nessa. Se esse tipo de assunto te interessa, continua com a gente no texto: Motivação e produtividade: o alinhamento necessário. 

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Modelo de Ordem de Serviço