Como aplicar indicadores financeiros na empresa?

Como aplicar indicadores financeiros na empresa?

Por mais que a matemática não seja amada por muitos, ela precisa estar sempre de bem com a sua empresa. Mais que mensurar o lucro, receita, despesas, há também outros números que fazem parte da rotina de qualquer empreendedor e empreendedora. São eles os indicadores financeiros.

Se você já atua na área de negócio há um tempo e viveu até hoje sem aplicar nenhum tipo de indicador, tudo bem. Mas saiba que eles podem mudar o seu cenário. E ainda, trazer organização e melhorar o desempenho da sua receita. Com certeza, isso é o que você deseja. Acertamos?

Então, te convidamos a prosseguir com esse texto. A Field desde já te deseja boas-vindas aqui no nosso blog. Que seu próximos minutos sejam de aprendizado e concentração. Para melhorar esse tempo, pegue um cafezinho ou um chá. Ajeite a coluna. E boa leitura!

O que são indicadores financeiros?

Tabelas, planilhas, contas de adição, subtração e divisão. Quem é da área de contabilidade ou administração está bem familiarizado com eles.

Por meio dos indicadores financeiros é possível saber se a empresa está pagando para trabalhar. Ou indo super bem alinhada, com lucro.

Existe mais de um. A gestão responsável pode aplicar todos de uma mês. Ou ir implementando de acordo com a rotina.

E já que citamos rotina, você já refletiu como anda a sua? Não só a da sua vida pessoal, mas da sua empresa também. Isso é tão importante que a Field tem um conteúdo só sobre o tema: Rotinas administrativas melhoram a gestão?.

Por que tê-los na minha empresa?

Mesmo tendo receita, ela pode não ter lucro, certo? E não basta pagar as contas para se manter. Claro que muitos negócios começam assim. Sem contar que com tantas crises econômicas, as empresas também podem chegar a essa fase.

Mas pense que é uma fase e lute para sair dela. E por que não contar com os indicadores financeiros para isso? O foco é a medição de como está a economia de todo o negócio.

Assim como todos os processos da empresa, os indicadores devem ser acompanhados com frequência. Não os tenha apenas para cumprir tabela. Faça valer a pena.

Elabore um planejamento de atualização e cumpra. Ao fim de um período, você terá informações que vão fazer a diferença no seu negócio.

Depois não deixe de vir e contar para a gente, ok?  O campo de comentários está aberto logo ao fim do texto.

Quais os tipos de indicadores financeiros?

Existem muitos. A sua tomada de decisão sobre quais indicadores financeiros sua empresa chamará de seus, vai depender de alguns pontos. Por exemplo, seu modelo de negócio.

Aqui começaremos pelo mais básico de todos. E caso esse tipo de indicador ainda não exista na sua empresa, prepare sua orelha porque vamos puxá-la.

Imagem: pexels

Fluxo de caixa

O que podemos já reforçar logo de cara é o fluxo de caixa. Viu como não é tão complexo assim? Esse tipo de administração financeira é um indicador financeiro.

Não importa como ele é feito, desde que esteja entre as rotinas administrativas. Existem empresas, principalmente, as mais antigas e pequenas, que usam o famoso livro-caixa.

Vendido em papelarias davam uma boa base sobre o que entrava e saia por dia. Sabe aquele ditado de grão em grão a galinha enche o papo? Então, despesa por despesa, receita por receita, pontuadas ali, é possível se ter a noção do quanto se gastou, pagou e rendeu.

Se a sua empresa é da era tecnológica ou até mesmo uma startup como a Field, por exemplo, você pode adotar ferramentas mais modernas. Além do Excel, existem sistemas próprios para isso. A Conta Azul, que inclusive é nossa parceira, pode resolver muito bem essa questão.

O primeiro passo para mudar a sua realidade é clicar aqui: Fluxo de Caixa para Prestadores de Serviço.

Caso precise de mais informação, não precisa sair do blog e ir para o Google. O que sua organização financeira busca pode estar neste texto: Controle de caixa nas empresas: por que fazer?.

O quanto está valendo o investimento?

Para toda empresa “nascer” é preciso um investimento. Esse investimento pode ser uma poupança do fundador, empréstimo, fundos de investimentos, ou seja, desde que seja algo lícito, não importa a origem.

Esse indicador financeiro vai apontar o seguinte: o meu investimento está com o retorno esperado?

Por isso é importante a empresa ter um modelo de negócio bem desenhado. Por ralar, ralar e ralar e não ter o retorno é bem frustrante. Para isso não acontecer tenha metas. Além disso, analise se tudo o que você investiu está com retorno esperado (pode ser para mais ou menos).

Vamos deixar esses links aqui para você dar uma espiada mais tarde (ou agora se preferir):

Dívidas

Vai que sua empresa tem uma dívida e você não sabe? Ou até mesmo esqueceu de pagar aquela parcela de um empréstimo. Ou até mesmo a parcela daquele imposto que tinha que ser pago no dia do vencimento.

Então, saber as suas dívidas é outro indicador financeiro que não pode passar batido.

Uma informação importante: tudo bem sua empresa ter dívidas, viu? Muitas vezes para expandir o negócio e fazer melhorias é preciso contraí-las.

O que importa é que elas sejam pagas em dia. Sabe aquele esquema de colocar as prioridades na frente, nas épocas de crise? Então… veja quais têm juros mais altos e quais tem possibilidade não só de impactar seu negócio, mas como até negativá-lo.

Por fim, como a saúde financeira é essencial para manter o funcionamento ativo, se liga nas nossas dicas:

Valor da empresa

Toda empresa tem um valor. Você sabe qual é o da sua? Esse número é variável. Quando você a abre, o valor é um. No andar da carruagem, pode dobrar (e esse é o nosso desejo para sua empresa, viu?).

Por exemplo: em 2002, o Instagram valia U$ 1 bilhão. Em 2020, a estimativa é de U$ 33 bilhões. Foi uma guinada e tanto.

Viu como é importante saber esse dado? Vai que uma investidora bate na sua porta. Portanto, esteja preparado. E até mesmo foque em uma meta para atingir um valor desejado.

Não esqueça de engajar toda a equipe nessa causa, hein: Motivação e produtividade: como ter equipe engajada?

Chegamos ao fim de mais um texto! A Field agradece a sua companhia.

Como resultado, desejamos uma alta produtividade para a sua empresa.

Para a gente se conhecer melhor, visite nosso site: www.fieldcontrol.com.br.

Siga as nossas páginas nas redes sociais: Instagram, Facebook e YouTube.

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a utilizar esse site, entenderemos que você concorda com isso. Visite nossas Política de Privacidade