O que é PCMSO e para que serve?

O que é PCMSO e para que serve?

Seguindo com nosso conteúdo sobre segurança do trabalho, neste texto a Field irá abordar o que é PCMSO.

Se você está se perguntando porque tanto conteúdo sobre o tema, segurança nunca é demais, por isso, envolve vários processos que muitas empresas precisam adotar para que o bem-estar dos funcionários seja o mais elevado possível.

Sem contar que vidas podem ser salvas por mínimos detalhes em caso de acidentes graves.

Ou seja, não é mimimi e nem encheção de linguiça, é tudo sempre pensando no melhor para o seu negócio e para a galera que topou embarcar nessa contigo.

Caso saúde ocupacional seja seu interesse, temos um seleto grupo de textos sobre o tema:

Agora, vamos partir para o foco deste aqui: o PCMSO.

 O que é PCMSO?

Apresentamos a vocês o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional, conhecido pelos íntimos como PCMSO!

Sabe aqueles exames que são feitos quando se é admitido em uma empresa? Então, é o resumo sobre o que é o PCMSO.

Basicamente, durante todo o contrato de trabalho e no período vigente de parceria, esses exames são realizados para avaliar as condições de saúde do trabalhador com o objetivo de verificar se está apto para exercer a função e também se a atividade proporcionou prejuízos físicos a ele.

Como as doenças ocupacionais têm um grande impacto no mundo corporativo, o programa auxilia no diagnóstico de problemas de saúde no início e também como facilitador da prevenção.

Aqui, você vai entender o tamanho da proporção e porque realmente as doenças ocupacionais precisam ser evitadas. Além da queda na produtividade, ninguém merece conviver com uma dor que pode ser evitada.

Quando começa com pequenas dores e sinais, não deve ser ignorada, é preciso investigar e saber o que pode ser feito para que o problema de saúde não se agrave.

O que você precisa saber sobre o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional

Bom, você sabe o que é PCMSO.

Porém, precisamos ir além de só saber o que é. E chegou a hora. E já que estamos falando sobre saúde ocupacional, aproveita e ajeite sua postura. Sua coluna vai agradecer. Se der, pegue um copo de água para manter a hidratação do organismo. E siga aquela regrinha: a cada uma hora sentado, cinco minutos em pé. Seu corpo e também sua mente vão agradecer.

Respirou fundo? agora vamos retomar…

Quem determina o PCMSO é a Norma Regulamentadora 7. Nela, consta a realização de cinco exames que devem ser feitos em períodos diferentes:

  • Admissional: quando a pessoa é contratada;
  • Demissional: assim que o contrato de trabalho é encerrado;
  • Quando a pessoa muda de função daquela contratada primeiramente;
  • Periódico;
  • E em momento de retorno ao trabalho – no caso de licenças médicas.

Todos eles são realizados pelo médico do trabalho.

A melhor opção é ter um contrato com um clínica especializada e que tenha boa referência na qualidade do serviço prestado. No momento da escolha, dê preferência a unidades de fácil acesso, se possível próximo ao local de trabalho para evitar grandes deslocamentos.

Quem emite?

Quando o funcionário faz o exame, independentemente do motivo – entre os citados acima, o médico responsável emite um documento. O Atestado de Saúde Ocupacional (ASO) traz todas as informações pertinentes de saúde avaliadas no momento da consulta. Uma via é arquivada na empresa e  outra é de propriedade da pessoa atendida, ou seja, do colaborador.

Uma informação válida é se na região da empresa não existir um médico do trabalho, é possível contratar uma especialidade que esteja apta para a atividade e emissão do atestado.

Esse profissional contratado será o responsável por desenvolver o Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional.

Minha empresa tem que aderir ao PCMSO?

Sim. É uma garantia de cuidado à saúde da sua equipe.

Além disso, evita alguns possíveis processos trabalhistas, principalmente os que têm doenças ocupacionais como origem.

A empresa que não adere e segue o programa está sujeita à multa. O valor varia de acordo com a penalidade a ser sofrida e gira em torno de R$ 2 mil.

Além desse programa, existem outras exigências com foco na segurança do trabalho:

O uso de equipamentos de proteção individual e proteção coletiva:

Laudos e Perfis:

É importante se manter informado sobre o que é obrigatório de acordo com a sua área de atuação

As empresas que atuam com atividades que envolvem riscos como manipulação de agentes nocivos, sujeitas a acidentes com descarga elétrica, altura, entre outros, precisa mais que seguir à risca as normas com o foco em evitar multas, preservar vidas deve estar sempre em primeiro lugar.

Uma empresa que se preocupa com o bem-estar e saúde dos funcionários tem bons resultados de desempenho crescentes.

Esteja aberto, ouça os funcionários. Acolha e estude cada sugestão feita por eles e também pelos clientes, por que não?

A comunicação organizacional resolve muitos problemas e melhora o clima e relação entre todos que frequentam o ambiente de trabalho.

E para saber quem é a Field, visite nosso site: www.fieldcontrol.com.br 

Equipe Field Control

O Field Control é uma poderosa ferramenta de gestão para empresas prestadoras de serviços. Para o gestor, organização e controle da empresa. Para os técnicos, praticidade e mais rendimento nas atividades do dia a dia.

Utilizamos cookies para garantir a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a utilizar esse site, entenderemos que você concorda com isso. Visite nossas Política de Privacidade